Serviços – Saúde Gaúcha https://www.saudegaucha.com Informação para gestores e profissionais de saúde. Thu, 13 Jun 2019 19:57:25 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.1.1 https://www.saudegaucha.com/wp-content/uploads/2018/10/Saúde-Gaúcha-Favicon-2-100x100.png Serviços – Saúde Gaúcha https://www.saudegaucha.com 32 32 Comunidade surda do Hospital Moinhos de Vento recebe oficina de português https://www.saudegaucha.com/educacao/comunidade-surda-do-hospital-moinhos-de-vento-recebe-oficina-de-portugues/ https://www.saudegaucha.com/educacao/comunidade-surda-do-hospital-moinhos-de-vento-recebe-oficina-de-portugues/#respond Wed, 12 Jun 2019 03:00:02 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=2732 O Hospital Moinhos de Vento realizou nesta terça-feira (11), a Oficina de Português, como segunda língua para os surdos. A atividade, promovida pelo Grupo Mãos em Cena, teve o objetivo de democratizar o acesso ao aprendizado da língua portuguesa, promovendo o desenvolvimento da comunicação. Na oportunidade, foi apresentado o livro Em mãos, português como segunda […]

O post Comunidade surda do Hospital Moinhos de Vento recebe oficina de português apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
O Hospital Moinhos de Vento realizou nesta terça-feira (11), a Oficina de Português, como segunda língua para os surdos. A atividade, promovida pelo Grupo Mãos em Cena, teve o objetivo de democratizar o acesso ao aprendizado da língua portuguesa, promovendo o desenvolvimento da comunicação.

Na oportunidade, foi apresentado o livro Em mãos, português como segunda língua para surdos, lançado na 64ª Feira do Livro de Porto Alegre. A obra faz parte do projeto, que leva o mesmo nome e foi criado em 2018. O aporte da Cia. Zaffari e apoio do Ministério da Cultura nortearam o início dos trabalhos.


No evento realizado nesta terça (11), Antônio Alexandre Schmaedecke (vice-diretor clínico), Katherine Saibel (gerente de Desenvolvimento Humano), Mohamed Parrini (superintendente Executivo), Maria da Graça Casa Nova e Suzana Silva Zaffari (Foto: Leonardo Lenskij/Hospital Moinhos de Vento)

O superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, destacou que o evento ofereceu para as pessoas com deficiência oportunidades de integração, inserção e capacitações. “Com momentos de descontração, aprendizado e desenvolvimento, o Hospital Moinhos de Vento reforça sentimento de pertencimento de seus colaboradores”, aponta.

O livro
Idealizada pelas professoras Donatella Camozzato, Maria da Graça Casa Nova, Suzana Silva Zaffari e Tatiane Folchini dos Reis, a publicação surgiu a partir da necessidade de um material didático específico para a educação de surdos. As autoras tiveram como bases seus anos de práticas educativas, pesquisas, construção de materiais pedagógicos e principalmente da imersão no mundo dos surdos.

Fonte: Hospital Moinhos de Vento

 

O post Comunidade surda do Hospital Moinhos de Vento recebe oficina de português apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/educacao/comunidade-surda-do-hospital-moinhos-de-vento-recebe-oficina-de-portugues/feed/ 0
Porto Alegre ainda tem 80 mil doses da vacina para a gripe https://www.saudegaucha.com/servicos/porto-alegre-ainda-tem-136-mil-doses-da-vacina-para-a-gripe/ https://www.saudegaucha.com/servicos/porto-alegre-ainda-tem-136-mil-doses-da-vacina-para-a-gripe/#respond Mon, 10 Jun 2019 13:09:37 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=2693 Atualizada às 15h de 10/6/19 As unidades de Saúde de Porto Alegre ainda têm cerca de 80 mil doses de vacina contra a gripe disponíveis para a população. A partir desta segunda-feira (10), a vacinação será feita em apenas 13 unidades de saúde da rede municipal (ver lista abaixo). Segundo a Secretaria Municipal da Saúde […]

O post Porto Alegre ainda tem 80 mil doses da vacina para a gripe apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
Atualizada às 15h de 10/6/19

As unidades de Saúde de Porto Alegre ainda têm cerca de 80 mil doses de vacina contra a gripe disponíveis para a população. A partir desta segunda-feira (10), a vacinação será feita em apenas 13 unidades de saúde da rede municipal (ver lista abaixo). Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o objetivo da redução dos pontos de vacinação é a “otimização do estoque”.

Segundo a SMS, na semana passada foram vacinadas 55.390 pessoas fora dos grupos prioritários. Assim, sobraram cerca de 80 mil doses das cerca de 136 mil que estavam disponíveis no encerramento da campanha, no dia 31/5.

O total de doses aplicadas em pessoas de grupos prioritários em Porto Alegre, de acordo com os registros no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, até as 10h de 31 maio, tinha sido de 470.007. Incluindo as doses aplicadas em pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional e da Segurança Pública, o número chegou a 478.538. A Capital recebeu aproximadamente 615 mil doses do Ministério da Saúde.

>> 4,2 milhões de crianças e gestantes não se vacinaram

De acordo com orientação da SMS, a vacinação terá seguimento até o final do estoque, estimado em 80 mil doses pela enfermeira chefe do Núcleo de Imunizações da SMS, Renata Capponi. A técnica destaca que pessoas dos grupos de risco, como crianças, gestantes e pessoas com doenças crônicas, ainda podem fazer a vacina. “Esses são os grupos que estão com as menores coberturas”, ressalta.

>> Agora, todos podem se vacinar

Na segunda-feira (10), a vacinação contra a gripe será feita em 13 unidades de saúde da rede municipal. Para otimizar o estoque, haverá remanejamento das doses para estes locais:

Centro
Unidades de Saúde Modelo (8h às 22h), Santa Marta e Santa Cecília (8h às 17h)

Glória/Cruzeiro/Cristal
Unidade de Saúde Vila dos Comerciários (8h às 17h)

Leste/Nordeste
Unidade de Saúde Bom Jesus (8h às 17h)

Norte/Eixo Baltazar
Unidade de Saúde Rubem Berta (8h às 17h) e US Ramos (8h às 22h)

Noroeste, Humaitá, Nordeste, Ilhas
Unidade de Saúde IAPI (8h às 17h)

Partenon/Lomba do Pinheiro
Unidade de Saúde São Carlos (8h às 22h)

Restinga
Unidade de Saúde Restinga e US Belém Novo (8h às 17h) e Clinica da Família (8h às 20h)

Sul/Centro-Sul
Unidade de Saúde Tristeza (8h às 22h)

>> Com custo a partir de R$ 50, serviços privados oferecem a vacina

Vacinação por grupos prioritários
– Crianças – público total: 90.391 – 61.113 doses aplicadas = 67,6% da meta
– Gestantes – 13.976 – 8.617 doses – 61,6%
– Trabalhadores em Saúde – 82.464 – 61.533 doses – 74,6%
– Puérperas – 2.297 – 2.557 doses – 111,3%
– Indígenas – 595 – 915 doses – 153,7%
– Professores – 11.870 – 13.831 doses – 116,5%
– Pessoas com doenças crônicas – 192.446 – 124.485 – 64,7%
Total – 607.042 pessoas – 470.007 doses – 77,4%

Doses aplicadas em outros grupos
– Pessoas privadas de liberdade – 2.749
– Funcionários do sistema prisional – 1.545
– Funcionários da Segurança Pública – 4.237
Total – 8.531

Com informações da Prefeitura de Porto Alegre

O post Porto Alegre ainda tem 80 mil doses da vacina para a gripe apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/servicos/porto-alegre-ainda-tem-136-mil-doses-da-vacina-para-a-gripe/feed/ 0
A partir de hoje (3/6), portabilidade de planos de saúde coletivos pode ser feita https://www.saudegaucha.com/servicos/a-partir-de-hoje-3-6-portabilidade-de-planos-de-saude-coletivos-pode-ser-feita/ https://www.saudegaucha.com/servicos/a-partir-de-hoje-3-6-portabilidade-de-planos-de-saude-coletivos-pode-ser-feita/#respond Mon, 03 Jun 2019 16:04:48 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=2608 Entraram em vigor hoje (3) as novas regras para a portabilidade de planos de saúde, que incluem os beneficiários de contratos coletivos empresariais na possibilidade de troca de operadora, sem a necessidade de cumprir novo prazo de carência para utilizar os serviços médicos. A determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está na Resolução Normativa 438, […]

O post A partir de hoje (3/6), portabilidade de planos de saúde coletivos pode ser feita apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
Entraram em vigor hoje (3) as novas regras para a portabilidade de planos de saúde, que incluem os beneficiários de contratos coletivos empresariais na possibilidade de troca de operadora, sem a necessidade de cumprir novo prazo de carência para utilizar os serviços médicos.

A determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está na Resolução Normativa 438, que foi publicada em dezembro pela agência reguladora. Outra mudança é a extinção da “janela” para a troca de plano, ou seja, um prazo determinado pela operadora para fazer a mudança.

As principais informações foram reunidas em uma cartilha disponibilizada pela ANS.

>> Carência para emergência pode ficar fora dos planos de saúde

A ANS também retirou a necessidade da cobertura entre os planos antigo e novo serem compatíveis para fazer a migração, abrindo a possibilidade para a contratação de coberturas mais amplas, mas mantendo a faixa de preço na maioria dos casos. Com isso, o consumidor só precisa cumprir a carência dos serviços a mais que o novo plano oferecer. O guia de compatibilidade de preços está disponível no site da agência.

>> Dicas para não ter surpresa na contratação de um plano de saúde

Segundo o diretor de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Rogério Scarabel, a concessão desse benefício para consumidores de planos empresariais era uma demanda importante na regulação do setor, já que a modalidade representa quase 70% do mercado. “A portabilidade de carências passa a ser um direito efetivo de todo consumidor de planos de saúde e vai ser mais representativa no mercado”.

>> ANS amplia regras para portabilidade de carências

Ele destaca que as novas regras são relevantes para quem se desliga da empresa, seja demitido ou aposentado, já que há normas sobre a permanência no plano, mediante a contribuição. Agora, o beneficiário poderá escolher outro produto e fazer a migração. Foram mantidos na norma os prazos de permanência para fazer a portabilidade, com um mínimo de dois anos no plano de origem para solicitar a mudança pela primeira vez e de um ano para novas portabilidades. As exceções ocorrem no caso do beneficiário ter cumprido cobertura parcial temporária, com o prazo mínimo passando para três anos, e em caso de ampliação da cobertura, o prazo mínimo de permanência no plano de origem será de dois anos.

Fonte: Agência Brasil

O post A partir de hoje (3/6), portabilidade de planos de saúde coletivos pode ser feita apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/servicos/a-partir-de-hoje-3-6-portabilidade-de-planos-de-saude-coletivos-pode-ser-feita/feed/ 0
Em março, transplantes têm aumento de 60% na Santa Casa https://www.saudegaucha.com/servicos/em-marco-transplantes-tem-aumento-de-60-na-santa-casa/ https://www.saudegaucha.com/servicos/em-marco-transplantes-tem-aumento-de-60-na-santa-casa/#respond Thu, 11 Apr 2019 19:09:29 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=2403 A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre realizou 68 transplantes de órgãos no mês de março, registrando um aumento de 60% em comparação a fevereiro, quando foram 43 procedimentos. O maior salto ocorreu nos transplantes renais, que passaram de 9 para 26 no último mês. Ainda, nos três primeiros meses do ano, também houve […]

O post Em março, transplantes têm aumento de 60% na Santa Casa apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre realizou 68 transplantes de órgãos no mês de março, registrando um aumento de 60% em comparação a fevereiro, quando foram 43 procedimentos. O maior salto ocorreu nos transplantes renais, que passaram de 9 para 26 no último mês. Ainda, nos três primeiros meses do ano, também houve aumento nos transplantes na instituição, se comparado ao mesmo período do ano passado (de 144 para 162, representando aumento de 13%). “No mês de março foram realizados, principalmente, um maior número de transplantes renais e esperamos que essa tendência permaneça nos próximos meses, para que possamos beneficiar mais pacientes aguardando em lista sua oportunidade de obter melhor qualidade de vida”, informa Dr. Valter Garcia, nefrologista e coordenador de transplantes da Santa Casa.

>> Santa Casa realiza transplante inédito no Rio Grande do Sul

O Centro de Transplantes da Santa Casa está integrado ao Hospital Dom Vicente Scherer, unidade hospitalar que realiza mais da metade dos transplantes do Rio Grande do Sul. Em 2018, foram 627 procedimentos realizados, que possibilitaram nova chance de vida aos pacientes em lista de espera na instituição. “No entanto, o hospital possui capacidade física e assistencial para realizar o dobro de transplantes. Para isso, basta uma maior conscientização da sociedade sobre a importância deste tema, e das pessoas declararem a sua vontade de ser um doador a sua família”, explica Dr. José Camargo, cirurgião torácico e diretor médico do Hospital Dom Vicente Scherer.

>> Santa Casa aumenta transplantes em 2018

Transplantes pioneiros na Santa Casa
A Santa Casa de Porto Alegre é referência brasileira e na América Latina na realização de transplantes. Em 2019, a instituição irá celebrar os 30 anos do primeiro transplante de pulmão da América Latina e os 20 anos do primeiro transplante de pulmão com doadores vivos, feito fora dos Estados Unidos. Também foi na Santa Casa o primeiro transplante de córneas no Brasil, (1938), o primeiro transplante conjugado de rim e pâncreas no Brasil (1987), o primeiro transplante de fígado no Rio Grande do Sul (1991), o primeiro transplante conjugado de fígado e rim no Rio Grande do Sul, e mais recentemente, em março deste ano, houve o primeiro transplante de fígado do RS a partir de um doador com menos de 20 dias de vida, cujo órgão pesava somente 130 gramas.

Fonte: Santa Casa de Miserit de Porto Alegre

O post Em março, transplantes têm aumento de 60% na Santa Casa apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/servicos/em-marco-transplantes-tem-aumento-de-60-na-santa-casa/feed/ 0
Hospital Mãe de Deus recebe certificação da JCI pela terceira vez https://www.saudegaucha.com/servicos/hospital-mae-de-deus-recebe-certificacao-da-jci-pela-terceira-vez/ https://www.saudegaucha.com/servicos/hospital-mae-de-deus-recebe-certificacao-da-jci-pela-terceira-vez/#respond Wed, 10 Apr 2019 14:11:17 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=2374 O Hospital Mãe De Deus conquistou mais uma vez a certificação da Joint Commission International (JCI), maior e mais antiga agência verificadora da qualidade e segurança em saúde do mundo. Desde 2012, o Hospital mantém esta certificação, que é reacreditada a cada três anos. No mundo, 660 hospitais são certificados e, no Brasil, 36 instituições, […]

O post Hospital Mãe de Deus recebe certificação da JCI pela terceira vez apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
O Hospital Mãe De Deus conquistou mais uma vez a certificação da Joint Commission International (JCI), maior e mais antiga agência verificadora da qualidade e segurança em saúde do mundo. Desde 2012, o Hospital mantém esta certificação, que é reacreditada a cada três anos. No mundo, 660 hospitais são certificados e, no Brasil, 36 instituições, destes apenas 40% possuem o mesmo estágio de maturidade de certificação do Hospital Mãe de Deus (três ou mais recertificações).

Os destaques do hospital, segundo os avaliadores, a educação dos pacientes e familiares (a precisão das informações que as equipes médicas e assistenciais passam aos pacientes e familiares); a Melhoria da Qualidade e Segurança do Paciente; e a governança, liderança e direção. As áreas assistenciais do hospital foram destaques pela alta qualidade de atendimento, segurança e higienização nos ambientes hospitalares – identificadas pelos pacientes, pela alta gestão de indicadores e equipe multidisciplinar do Centro de Tratamento Intensivo Adulto, pela eficiência na emergência, pelos processos adequados no Centro Cirúrgico e pela humanização nas unidades de oncologia, internação e materno infantil.

Esta é uma conquista que reforça a qualidade, segurança e eficiência que a instituição, que comemora 40 anos em junho deste ano, oferece à sociedade. “Queremos agradecer a toda equipe Mãe de Deus que leva a qualidade dos nossos serviços para cada atendimento, tratamento, exame, procedimento. São reconhecimentos como esse que nos fazem ter certeza que estamos no caminho certo e com um grupo de funcionários que faz a diferença”, reconheceu o superintendente executivo do Hospital Mãe de Deus, dr. Fábio Fraga.

Fonte: Hospital Mãe de Deus

O post Hospital Mãe de Deus recebe certificação da JCI pela terceira vez apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/servicos/hospital-mae-de-deus-recebe-certificacao-da-jci-pela-terceira-vez/feed/ 0
Santa Casa realiza transplante inédito no Rio Grande do Sul https://www.saudegaucha.com/geral/santa-casa-realiza-transplante-inedito-no-rio-grande-do-sul/ https://www.saudegaucha.com/geral/santa-casa-realiza-transplante-inedito-no-rio-grande-do-sul/#respond Sat, 30 Mar 2019 16:35:49 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=2186 A solidariedade da família de um bebê com menos de 20 dias de vida possibilitou uma nova chance à pequena Laura Ixchel Gomes de Souza, de apenas 11 meses. Graças à doação de órgãos, Laura e sua família agora podem projetar um futuro de saúde e alegrias. Em lista de espera desde setembro do ano […]

O post Santa Casa realiza transplante inédito no Rio Grande do Sul apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
A solidariedade da família de um bebê com menos de 20 dias de vida possibilitou uma nova chance à pequena Laura Ixchel Gomes de Souza, de apenas 11 meses. Graças à doação de órgãos, Laura e sua família agora podem projetar um futuro de saúde e alegrias. Em lista de espera desde setembro do ano passado  – quando tinha cinco meses de vida – devido a uma atresia biliar congênita, que é uma má formação do fígado, na qual o portador nasce sem os canais da bile, não conseguindo excretar a bile e o fígado fica com cirrose rapidamente.

Como a menina era portadora desta doença desde que nasceu, o transplante de fígado tornou-se a única esperança de cura e, no dia 23 de março um órgão compatível com ela, pesando apenas 130 gramas, foi oferecido à Santa Casa pela Central de Transplantes do Rio Grande do Sul.  “O caso da Laura estava muito grave e a doença progredindo rapidamente, com a necessidade de transplante atingindo a pontuação máxima. Por isso, quando nos foi oferecido o fígado de um bebê de somente 19 dias, não hesitamos em salvar esta vida”, informa o coordenador do Programa de Transplante Hepático Infantil da Santa Casa Antônio Nocchi Kalil.

O especialista salienta ainda que, no Rio Grande do Sul, este foi o primeiro transplante de fígado com um doador tão pequeno, tanto em relação ao tamanho do órgão, quanto a sua idade. Agora, a pequena Laura encontra-se em recuperação na UTI do Hospital da Criança Santo Antônio, devendo ser transferida para a unidade de internação nos próximos dias. Para Jaqueline Gomes, mãe de Laura, “não existem palavras que possam agradecer o suficiente para esta família que autorizou a doação dos órgãos do seu filho, pois eles salvaram a vida da minha bebê”, cita, emocionada.

A lista de espera por um transplante de fígado pediátrico na Santa Casa conta com, em média, cinco crianças. “Não se trata de uma lista muito grande, pois nossa equipe é capacitada para realizar transplante de fígado intervivos, ou seja, a partir da compatibilidade entre algum familiar e o receptor”, explica Kalil.

O hospital é o único fora de São Paulo que realiza este tipo de procedimento de forma continuada, e que amplia as chances de cura de pequenos pacientes com doenças hepáticas, pois, neste caso, não é necessário aguardar por um órgão compatível de doador falecido. “Nosso índice de sucesso em transplantes intervivos é de 90%, entretanto, no caso da Laura não foi possível localizar um familiar compatível, sendo o transplante a partir de doador falecido a sua única chance de vida”, finaliza o especialista.

Fonte: Santa Casa de Porto Alegre

O post Santa Casa realiza transplante inédito no Rio Grande do Sul apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/geral/santa-casa-realiza-transplante-inedito-no-rio-grande-do-sul/feed/ 0
Situações críticas reúne 23 hospitais brasileiros em Porto Alegre https://www.saudegaucha.com/servicos/situacoes-criticas-reune-23-hospitais-brasileiros-em-porto-alegre/ https://www.saudegaucha.com/servicos/situacoes-criticas-reune-23-hospitais-brasileiros-em-porto-alegre/#respond Sat, 30 Mar 2019 00:10:29 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=2171 Nesta sexta-feira (29), 40 profissionais da saúde de 23 hospitais brasileiros participaram do Curso de Comunicação em Situações Críticas, no Hotel Deville, em Porto Alegre. Os hospitais foram indicados pelo Sistema Nacional de Transplantes e são considerados estratégicos em razão da alta notificação de morte encefálica nessas instituições. A ação foi realizada por meio do “Projeto […]

O post Situações críticas reúne 23 hospitais brasileiros em Porto Alegre apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
Nesta sexta-feira (29), 40 profissionais da saúde de 23 hospitais brasileiros participaram do Curso de Comunicação em Situações Críticas, no Hotel Deville, em Porto Alegre. Os hospitais foram indicados pelo Sistema Nacional de Transplantes e são considerados estratégicos em razão da alta notificação de morte encefálica nessas instituições. A ação foi realizada por meio do “Projeto DONORS: Estratégias para otimizar a assistência aos potenciais doadores”, uma parceria entre o Hospital Moinhos de Vento e o Ministério da Saúde, dentro do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS).

>> Evento no Hospital São Lucas discute o neurodesenvolvimento saudável na primeira infância

O curso foi ministrado por instrutores capacitados no método espanhol, referência mundial de entrevista familiar para doação de órgãos. “O investimento massivo na capacitação de profissionais da saúde é considerado o ponto fundamental para incrementar a doação de órgãos”, destaca Caroline Robinson, líder do projeto DONORS. Inspirado no sucesso do modelo espanhol, o Projeto DONORS, tem promovido ações de capacitação de grande abrangência que envolveram centenas de profissionais de todas as unidades federativas do Brasil.

Destinado a profissionais que atuam em emergência e UTI, o curso presencial conta com conteúdo teórico e simulações de casos reais. As atividades de sensibilização tem o objetivo de preparar os profissionais de saúde para comunicar a morte encefálica e acolher as famílias em luto.

>> Evento aponta caminhos para a saúde do futuro nas empresas

Projeto DONORS
O projeto liderado pelo Hospital Moinhos de Vento foi lançado em novembro de 2016 e visa contribuir com as ações do Sistema Nacional de Transplantes para melhorar o cenário da doação de órgãos no país. Como principal ação, realiza um grande estudo com a participação de UTIs de 63 hospitais de todo o Brasil.

Também são promovidas atividades de capacitação de profissionais de saúde para a comunicação e o esclarecimento da família sobre o diagnóstico de morte encefálica e a condução da entrevista familiar para verificação da intenção de doação de órgãos. Em 2017, foram 350 profissionais capacitados em cursos presenciais. Entre junho de 2017 e dezembro de 2018, mais de 1600 profissionais realizaram o curso online “Entrevista familiar para doação de órgãos”, desenvolvido pelo projeto. Uma nova edição gratuita do curso online será disponibilizada em maio de 2019.

Fonte: Hospital Moinhos de Vento, por Critério Resultado (Julia Machado)

O post Situações críticas reúne 23 hospitais brasileiros em Porto Alegre apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/servicos/situacoes-criticas-reune-23-hospitais-brasileiros-em-porto-alegre/feed/ 0
Evento aponta caminhos para a saúde do futuro nas empresas https://www.saudegaucha.com/servicos/evento-aponta-caminhos-para-a-saude-do-futuro-nas-empresas/ https://www.saudegaucha.com/servicos/evento-aponta-caminhos-para-a-saude-do-futuro-nas-empresas/#respond Wed, 27 Mar 2019 02:23:18 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=2104 Refletir sobre a importância da qualidade de vida no trabalho e quais as novidades e tendências na área da saúde para empresas. Estes foram alguns dos objetivos alcançados na primeira edição do Health Experience, evento pioneiro que ocorreu nesta terça-feira (26), no Instituto Ling, em Porto Alegre. Realizado em parceria pelo Hospital Moinhos de Vento […]

O post Evento aponta caminhos para a saúde do futuro nas empresas apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
Refletir sobre a importância da qualidade de vida no trabalho e quais as novidades e tendências na área da saúde para empresas. Estes foram alguns dos objetivos alcançados na primeira edição do Health Experience, evento pioneiro que ocorreu nesta terça-feira (26), no Instituto Ling, em Porto Alegre.

Realizado em parceria pelo Hospital Moinhos de Vento e pelo Bradesco Saúde/Mediservice, o evento reuniu CEO’s, presidentes, diretores, médicos e gestores de diversas empresas gaúchas. Ao longo da manhã, foram realizadas palestras e apresentações voltadas à novas tecnologias e gestão de saúde.

>> Hospital Moinhos de Vento lança Núcleo de Medicina Robótica

Ao dar as boas-vindas aos participantes, o superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, reiterou o ineditismo da iniciativa e a relevância de pensar sobre o futuro, mas refletindo sobre o passado. “Precisamos estar constantemente pensando nas respostas ou nas perguntas adequadas para o setor”, declarou. Já o presidente do Bradesco Saúde, Manoel Peres, lembrou que a saúde privada é um dos grandes itens de desejo das famílias brasileiras. “O setor saúde merece um debate muito mais amplo”, apontou.

>> Moinhos de Vento e HCor coordenam projeto “Coração Bem Cuidado” em hospitais SUS

Abrindo o ciclo de palestras, o médico, professor e empresário Eugenio Mussak falou sobre A saúde das pessoas no futuro. De acordo com ele, a medicina se divide em três tipos: a medicina curativa, que trata os doentes, a medicina preventiva, que é mais eficiente e barata, e que mais deverá se desenvolver, a medicina da saúde, que mira o bem-estar em sua plenitude. “Manter o corpo em movimento, a boa nutrição, a qualidade do sono, o controle do stress, a autoestima, as conexões humanas e ter relações positivas com o futuro são passos para chegar a este objetivo”, ensinou Mussak.

Na sequência, o diretor-presidente das Lojas Renner, José Galló, abordou a importância do encantamento de colaboradores e clientes como fórmula para o sucesso da empresa. “A cumplicidade com o público constrói o significado de uma marca”, afirmou Galló, destacando ainda que “a saúde e a felicidade dos funcionários deve ser uma preocupação de toda a organização”.

>> Telemedicina pediátrica do Moinhos de Vento tem criado soluções novas para o SUS

Após a exibição de dados e resultados do projeto Viva Sempre Bem, desenvolvido em parceria entre o Hospital de Vento, a Bee Touch e a Braskem, o diretor-gerente do Bradesco Saúde e vice-presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), Flávio Bitter, abordou o mercado de saúde suplementar no Brasil, com seus números superlativos, dificuldades e possibilidades.

O 1º Health Experience foi encerrado com a palestra de Francisco Milagres, executivo com experiência de 20 anos nas áreas de estratégia, high-tech e venture capital. Ele baseou sua apresentação no tema Tecnologias exponenciais e o futuro da saúde: grandes oportunidades e desafios no horizonte. Apresentando cases e exemplos de grandes novidades no setor tecnológico, ele reforçou que haverá cada vez mais dispositivos voltados a aumentar a capacidade das pessoas de viver e de sobreviver. “A saúde é um dos campos com maior potencial de transformação nos próximos anos”, concluiu Milagres.

Fonte: Hospital Moinhos de Vento, por Julia de Souza, da Critério Resultado

O post Evento aponta caminhos para a saúde do futuro nas empresas apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/servicos/evento-aponta-caminhos-para-a-saude-do-futuro-nas-empresas/feed/ 0
Casal amplia doação para a construção do Hospital Nora Teixeira, da Santa Casa https://www.saudegaucha.com/servicos/casal-amplia-doacao-para-a-construcao-do-hospital-nora-teixeira-da-santa-casa-de-misericordia/ https://www.saudegaucha.com/servicos/casal-amplia-doacao-para-a-construcao-do-hospital-nora-teixeira-da-santa-casa-de-misericordia/#respond Sat, 23 Mar 2019 00:48:54 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=1946 Nova unidade irá se somar às outras sete já existentes no quarteirão do Centro Histórico de Porto Alegre

O post Casal amplia doação para a construção do Hospital Nora Teixeira, da Santa Casa apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>

A partir de abril de 2022, o Brasil irá contar com mais uma opção de assistência à saúde para a sua população: a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre passará a ser integrada por mais um hospital: o Hospital Nora Teixeira. A unidade irá se somar às outras sete já existentes no quarteirão do Centro Histórico de Porto Alegre, totalizando nove hospitais de propriedade da Santa Casa (incluindo o Hospital Dom João Becker, em Gravataí, incorporado em agosto de 2018) e um sob sua gestão (Hospital de Santo Antônio da Patrulha). O custo total da obra do Hospital Nora Teixeira está previso em R$ 177 milhões entre fundações, obra civil, equipamentos e mobiliário de seus 13 andares.

>> Santa Casa recebe doação de R$ 40 milhões de casal para emergência do SUS


O Hospital Nora Teixeira irá entregar mais saúde à população, com a edificação de uma nova emergência para usuários do SUS, além de outros serviços que irão garantir a sustentabilidade do empreendimento, como unidades de internação exclusivas para pacientes usuários de planos de saúde e particulares. Nos 26.550m² do hospital, além da nova emergência SUS (que passará dos 600m² atuais para 2.325m²), haverá 50 vagas de estacionamento, 30 leitos de internação obstétrica, 37 leitos de internação traumatológica, 27 leitos de UTI, 37 leitos de internação cirúrgica e bariátrica, 37 leitos para internação oncológica e 30 leitos de internação multiuso.

Para a edificação da nova emergência SUS – que integra este prédio – a Santa Casa recebeu, em fevereiro, a doação de R$ 40 milhões pelo casal Alexandre Grendene e Nora Teixeira e, um novo ato de doação foi realizado durante o evento de lançamento da pedra fundamental, nesta sexta-feira (22/03). O casal de empresários destinou outros R$ 20 milhões para a ampliação e qualificação da área assistencial de urgência e emergência SUS da Santa Casa, somando R$ 60 milhões em doação para a construção da emergência, tratando-se de doação plena, sem qualquer benefício fiscal.

O evento de lançamento da pedra fundamental do Hospital Nora Teixeira, que se insere na semana de comemoração ao aniversário de Porto Alegre, foi marcado por dois momentos: a primeira parte, no Anfiteatro Hugo Gerdau, quando houve a apresentação do projeto do novo hospital e a assinatura do termo aditivo da nova doação do casal Alexandre Grendene e Nora Teixeira; seguida de descerramento de placa da pedra fundamental do Hospital Nora Teixeira com a realização do rito da cápsula do tempo, quando as autoridades presentes inseriram no solo uma cápsula contendo materiais históricos referente ao local em que o empreendimento será edificado, marcando o início oficial das obras.

Hospital Nora Teixeira
Sua implementação será ao lado do Hospital Santa Clara, entre as avenidas Oswaldo Aranha e João Pessoa, e sua construção será composta por: Central de Recebimento e Almoxarifado; Almoxarifado Médico; Estacionamento; Nutrição; Emergência SUS e Centro de Diagnóstico por Imagem; Bistrô e Loja; Internação Obstétrica, Central de Materiais e Esterilização; Internação Traumatologia; Unidade de Terapia Intensiva; Internação Cirúrgica; Internação Oncológica e Internação Multiuso.

A nova emergência SUS da Santa Casa exclusiva para atendimento de adultos – que terá sua área quadruplicada – contemplará:

– Aumento de leitos fixos na Sala de Observação (todos em boxes individuais), de 13 para 28 (sendo três de isolamento);
– Criação de 2 Postos de Enfermagem na Sala de Observação, garantindo um atendimento mais ágil ao paciente;
– Ampliação do número de posições de medicação, passando de 12 para 18, proporcionando mais conforto e segurança aos pacientes;
– Ampliação do número de salas de acolhimento e consultórios de pronto atendimento, sendo uma sala específica para Eletrocardiografia;

– Centro de Diagnóstico por Imagem exclusivo para a Emergência, que facilitará o atendimento dos pacientes em atendimento, contando com tomografia, Raio-X e ecografias.

Sustentabilidade
Em 2018, a Santa Casa realizou 1.008.660 consultas, 59.970 internações, 67.160 cirurgias e 6.523.906 serviços diagnósticos. Deste volume, 69,2% de paciente/dia (lei da filantropia) é SUS, o qual é deficitário de longa data. Diante disto, a instituição tem o desafio de gerar recursos próprios para viabilizar o custeio do prejuízo originário do subfinanciamento de assistência SUS. Somente no ano passado, este valor ficou em R$ 164 milhões, pagos pela instituição por meio de receitas de outros convênios e particulares, garantindo assim, o equilíbrio econômico e financeiro da Santa Casa.

Além deste empreendimento, a Santa Casa está também investindo outros R$ 150 milhões originários da Bancada Federal Gaúcha, possibilitando reformar toda a área assistencial SUS da instituição. Nestes dois projetos, estão sendo investidos mais de R$ 327 milhões para promover mais saúde aos gaúchos, com mais segurança e qualidade assistencial.

Fonte: Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, por Adriana Contieri Abad

O post Casal amplia doação para a construção do Hospital Nora Teixeira, da Santa Casa apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/servicos/casal-amplia-doacao-para-a-construcao-do-hospital-nora-teixeira-da-santa-casa-de-misericordia/feed/ 0
Porto Alegre entrega a quarta unidade de saúde com atendimento até 22h https://www.saudegaucha.com/servicos/porto-alegre-entrega-a-quarta-unidade-de-saude-com-atendimento-ate-22h/ https://www.saudegaucha.com/servicos/porto-alegre-entrega-a-quarta-unidade-de-saude-com-atendimento-ate-22h/#respond Fri, 22 Mar 2019 02:34:54 +0000 http://www.saudegaucha.com/?p=1905 Porto Alegre passou a contar a partir desta quinta-feira (21) com mais uma Unidade de Saúde com horário estendido até as 22h. É a Unidade Ramos, localizada no bairro Rubem Berta, zona norte da Capital. Esta é a quarta que terá atendimento também das 18h às 22h. São Carlos, Modelo e Tristeza foram as primeiras […]

O post Porto Alegre entrega a quarta unidade de saúde com atendimento até 22h apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
Porto Alegre passou a contar a partir desta quinta-feira (21) com mais uma Unidade de Saúde com horário estendido até as 22h. É a Unidade Ramos, localizada no bairro Rubem Berta, zona norte da Capital. Esta é a quarta que terá atendimento também das 18h às 22h. São Carlos, Modelo e Tristeza foram as primeiras a implementar o serviço. O prefeito Nelson Marchezan Júnior lembrou dos profissionais que trabalham com vocação para atender ao público. “Queremos entregar não só estruturas melhores, mas serviços qualificados. E quando um profissional tem vocação para atender, ele vai servir bem a população”, diz.

Desde março de 2017, quando inaugurou a primeira unidade com horário estendido, foram realizados mais de 82 mil atendimentos noturnos. “Em cada posto, a média de atendimento das 18h às 22h é de 3 mil pessoas por mês. Ou seja, é uma ideia que deu certo em Porto Alegre”, diz Marchezan. “E o melhor, 80% dos casos atendidos são resolvidos na hora pelos médicos de família no próprio posto de saúde, desafogando os hospitais”, destaca. O secretário de Saúde Pablo Stürmer observa que o modelo tem se mostrado eficiente com a adesão da população ao serviço no horário noturno.

A conselheira do orçamento participativo, Priscila Aguiar, destacou a união da comunidade para conquistar as melhorias na unidade de saúde. “Foi uma construção em sociedade. Quando as pessoas se unem, em vez de criticar, alcançam o que precisam”, frisa. O líder do governo na Câmara, Mauro Pinheiro, também ressaltou o trabalho conjunto entre poder público e comunidade. “Quem busca o melhor, melhora a vida de todos”, conclui.

Mais de 13 mil pessoas serão beneficiadas nesta unidade que passou por obras para se adaptar ao atendimento diferenciado. Durante a reforma, as consultas foram realizadas pela Unidade Móvel de Saúde e outras Unidades da região. Além do horário estendido, a Unidade seguirá sendo referência na região entre as 8h e 18h e vai oferecer coleta de exames e aplicação de vacinas, além de consultas odontológicas (a partir de abril).

Entre 18h e 22h, os pacientes que forem até o posto serão atendidos por ordem de chegada, sem necessidade de agendamento. Quando houver necessidade de encaminhamento, o procedimento será feito na hora. O paciente sai com um ticket, com o número do cartão SUS e já pode consultar o andamento da sua requisição no site da prefeitura.

Fonte: Prefeitura de Porto Alegre, por Elisandra Borba (texto) e Gilmar Martins (edição)

O post Porto Alegre entrega a quarta unidade de saúde com atendimento até 22h apareceu primeiro em Saúde Gaúcha.

]]>
https://www.saudegaucha.com/servicos/porto-alegre-entrega-a-quarta-unidade-de-saude-com-atendimento-ate-22h/feed/ 0