Saúde Gaúcha
Informação para gestores e profissionais de saúde.

- Publicidade -

- Publicidade -

Conclusão do Hospital Santa Ana entrega 205 novos leitos

0

Porto Alegre ganhou 205 leitos hospitalares com a conclusão do Hospital Santa Ana, na zona Sul da Capital. A cerimônia de entrega da instituição aconteceu na manhã desta terça-feira, 20. O Santa Ana é considerado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) como o “hospital dos hospitais”, pois vai servir de retaguarda para as instituições que terão mais vagas para atendimento de casos de alta complexidade. O prefeito Nelson Marchezan Júnior lembra das dificuldades que o município enfrenta, mas sem deixar de investir na área. “Saúde tem que ser tratada de forma séria. Poderão faltar recursos para buracos, capina ou outras demandas, mas a saúde é nossa prioridade. Vamos superar as dificuldades com inovação, mudança e gestão”, diz o prefeito.

Com a entrega, Porto Alegre reverteu a tendência de redução de leitos hospitalares. Entre 2015 e 2017, foram fechados 262. Nos últimos dois anos (2017 e 2018), porém, foram abertos 338 novos leitos. Foram 66 no Hospital Vila Nova, 18 no São Pedro, 49 no Hospital da Restinga e, agora, 205 no Santa Ana, conforme destaca o secretário municipal de Saúde Erno Harzheim. “Estamos aumentando leitos nas áreas que mais precisam de vagas, pensando naqueles que mais necessitam. Apesar da crise, as prioridades na saúde estão sendo alcançadas”, enfatiza.

Fruto de parceria entre a prefeitura e a Associação Educadora São Carlos (Aesc), mantenedora do Hospital Mãe de Deus, o Santa Ana atende 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS). São 56 leitos de saúde mental, 56 de longa permanência, 83 clínicos (60 deles de Retaguarda Clínica para Pronto Atendimentos e Emergências) e 10 leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A Aesc investiu R$ 43 milhões na instituição, incluindo a obra e os equipamentos. O custeio mensal do hospital está estimando em R$ 5,2 milhões (R$ 3,2 milhões Aesc + R$ 1 milhão município + R$ 900 mil incentivos). A presidente da Aesc, irmã Elena Ferrarini, destaca que o local vai proporcionar atendimento “humano e de qualidade para quem mais precisa.”

Com a nova unidade, calcula-se mais de 600 internações mensais reduzindo a ocupação de hospitais de grande complexidade. O centro médico terá também à disposição tomografia, ecografia e exames de imagens ambulatoriais, que serão oferecidos para toda a rede de saúde. Serão ofertadas 1775 consultas em reabilitação e 1377 exames ambulatoriais por mês. Além dos leitos e dos serviços de reabilitação, o Santa Ana também contará com uma equipe do Melhor em Casa, para otimizar o processo de desospitalização. O Programa, conduzido pela prefeitura, possibilita o acompanhamento domiciliar de pacientes que precisam de cuidados e que podem ser efetuados por familiares com a supervisão de uma equipe multidisciplinar, mas que não necessitam de hospitalização.

Também participaram do evento o vice-prefeito Gustavo Paim; o secretário-adjunto de Saúde Pablo Stürmer; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Eduardo Cidade; de Comunicação Social Orestes de Andrade Jr; superintendente do Hospital Mãe de Deus Fábio Fraga; presidente do Hospital Espírita Gilberto da Silva; presidente do Hospital de Clínicas Nadine Clausell; superintendente de saúde do hHspital Vila Nova Dirceu Dalmolin; diretores do Hospital Restinga e Extremo-Sul Paulo Fernando Scolari , Andrea Volkmer, Carlos Henrique Casartelli; gerente administrativo da Rede de Saúde Divina Providência – Hospital Independência Elton Bigolin; coordenadora do curso de fisioterapia do Centro Universitário Ipa Adriane Dal Bosco; superintendente do Hospital Conceição Adriana Ackel; diretor-técnico do Hospital da Brigada Militar Mauro Sparta; diretora geral do Hospital Presidente Vargas Adriani Galão; presidente do Ipergs Saúde João Gabbardo dos Reis; coordenador de atenção hospitalar Jorge Osório; coordenação de atenção hospitalar da SMS João Marcelo Lopes da Fonseca; coordenador do TelessaudeRS-Rs Roberto Nunes Umpierre; diretor do Sindicato Médico do RS – Simers Jorge Luiz Eltz de Souza; do Sistema de Saúde Mãe de Deus irmã Lucia Boniatti, irmã Marileda Baggio, Fernando Barreto e Eduardo Blanski; do Hospital Santa Ana Vera Letícia Torres,Tiago Meregali e Moreno Calcagnoto, os vereadores Moises Barboza, Dr. Goulart, Mauro Pinheiro e Cassiá Carpes e o cônsul-geral do Chile Mario Arriagada de Lafuente.

Fonte: Prefeitura de Porto Alegre

Envie um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat