Saúde Gaúcha
Informação para gestores e profissionais de saúde.

- Publicidade -

- Publicidade -

Casos de dengue aumentam 64 vezes no Estado; 39% estão em Porto Alegre

0

O Estado registrou nos primeiros cinco meses do ano um salto de casos de dengue. Segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (link externo), até o dia 1/6/19 foram confirmados 903 casos. O número representa um aumento de mais de 64 vezes em relação ao total de todo o ano de 2018, em que foram confirmados apenas 14 casos. Outros 610 casos estão em investigação.

Dos 903 casos confirmados até o momento, 806 foram contraídos no Rio Grande do Sul (autóctones); em 2018 nenhum caso havia sido contraído no Estado. Dos 903 casos, 39,2% destes (344 casos) são de Porto Alegre. Já as notificações de dengue no Estado aumentaram 4,8 vezes, chegando a 2.698 (2019) contra apenas 562 (2018).

Números do Rio Grande do Sul, entre janeiro de maio de 2019 
– 903 casos confirmados (em 2018 foram 14 casos), sendo 806 contraídos no estado (em 2018 nenhum caso foi contraído no Estado) e 97 importados. Outros 610 estão em investigação.
– 2.698 notificações em 2019 (em 2018 foram apenas 562).
Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

39,2% dos casos de dengue do Estado estão na Capital
Somente em Porto Alegre são 354 casos de dengue em 2019, sendo 339 autóctones e 15 importados até o final da semana epidemiológica 22 (de 30/12/18 a 01/06/19). O número foi divulgado na quarta (5/6) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis.

Os 339 casos autóctones foram registrados em 14 bairros, com destaque para o Santa Rosa de Lima, onde foram confirmados 288 pacientes com dengue no período. Os casos restantes são 14 do Jardim Lindoia, 13 no Jardim Floresta, seis no Sarandi, cinco no Ruben Berta, três no Floresta e três no Bom Jesus. Nos bairros Cristo Redentor, Sétimo Céu, São Sebastião, Jardim Leopoldina, Jardim Carvalho, Vila Ipiranga e Jardim São Pedro há confirmação de um caso.

Até 1º de junho, foram notificados 843 casos suspeitos de dengue entre moradores de Porto Alegre. Além dos 354 confirmados, 427 foram descartados e 62 seguem em investigação.

A prefeitura mantém trabalhos na região norte, em especial no bairro Santa Rosa de Lima, com visitas diárias de agentes de combate a endemias e comunitários de saúde, fiscais da Fiscalização Ambiental da SMS, além dos bloqueios de transmissão viral, com aplicação de inseticida nos locais casos confirmados, nos dias em que não há chuva. Há previsão de pulverização de inseticida em ruas do bairro Santa Rosa de Lima na manhã desta quarta-feira.

Os dados estão no Boletim Semanal emitido pela Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis da SMS, com acesso por este link externo.

Com informações da Prefeitura de Porto Alegre

 

 

Leia também:

Envie um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.