Saúde Gaúcha
Informação para gestores e profissionais de saúde.

- Publicidade -

- Publicidade -

Já falta vacina contra a gripe para idosos em municípios da região Metropolitana e do interior

0

No segundo dia de vacinação contra a gripe para idosos acima de 60 anos, que se iniciou nesta segunda-feira (23/03/20), diversos municípios da região Metropolitana e do Estado registram a falta das doses.

Assine a newsletter do saudegaucha.com e receba no seu e-mail informações corretas sobre a luta contra o coronavírus. É grátis!

Em um dos municípios mais populosos da região Metropolitana de Porto Alegre, São Leopoldo se antecipou e começou a vacinação na última sexta-feira (20/03/20). Segundo a prefeitura, devido a grande procura, as 10 mil doses de vacina contra a gripe destinadas para o início da campanha no município se esgotaram manhã de hoje (23/03/20). “Não há previsão de reabastecimento pelo Governo do Estado já que o fornecimento dos imunobiológicos é de responsabilidade do Ministério da Saúde”, diz a nota da Prefeitura.

Assine a newsletter do saudegaucha.com e receba no seu e-mail informações corretas sobre a luta contra o coronavírus. É grátis!

Também é registrado falta de vacina em alguns municípios de Campo Bom, Novo Hamburgo, Sapiranga, na região Metropolitana, em Caxias, na região da Serra, e na Fronteira Oeste.

Segundo informou a Secretaria Estadual da Saúde (SES) no final da manhã desta terça-feira (24/03/20), já está sendo distribuído aos municípios do Rio Grande do Sul o segundo lote de vacinas contra influenza. São mais 450 mil doses para atender esta primeira etapa da campanha destinada a idosos e trabalhadores de saúde.

Segundo o órgão, ainda na segunda-feira (23/03/20), as doses já começaram a ser enviadas para as 19 Coordenadorias Regionais de Saúde e de lá para os municípios. “Como se trata de um imunobiológico, a distribuição é feita em etapas, de acordo com a capacidade de armazenamento nos estados e municípios. O cronograma de entrega segue critérios técnicos e o envio é realizado nos quantitativos necessários para atender o cronograma e as etapas de vacinação por faixas etárias do público-alvo da campanha”, diz a nota da SES.

Ainda segunda a secretaria, com essa nova remessa, 50% das doses necessárias para esta etapa da vacinação (pessoas com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde), já foram recebidas, no total, 900 mil doses de vacinas do Ministério da Saúde.

Dicas para tomar a vacina da gripe com mais segurança:
1 – Mantenha distância entre as pessoas da fila, se possível, de dois metros
2 – Não cumprimente ninguém com apertos de mão, beijos ou abraços. Isso vale para todos, seus amigos e também os profissionais de saúde
3 – Não fique conversando com outras pessoas na fila
3 – Não ponha a mão em paredes ou outras superfícies
4 – Cuide da etiqueta da higiene e não encoste as mãos no rosto, principalmente na boca, nariz e nos olhos
5 – Se possível, tente se vacinar em horários alternativos

Mais notícias sobre CORONAVÍRUS:
>>> HCPA começa a montar primeiros leitos de CTI para atendimento a pacientes graves da Covid-19
>>> Grupo Zaffari irá doar R$ 10 milhões à campanha do ICF para ações de combate ao coronavírus
>>> Veja as farmácias que irão vacinar idosos contra a gripe a partir de quarta (25)
>>> Em 24 horas, mortes por coronavírus aumentaram 36% no Brasil; casos sobem 22,3%
>>> Porto Alegre tem o primeiro caso de transmissão local de coronavírus
>>> Pré-consulta virtual do SUS de Florianópolis auxiliará no combate ao coronavírus
>>> Planos de saúde terão de cobrir exames para coronavírus
>>> Para melhor identificar o coronavírus, vacinação da gripe será antecipada
>>> Brasil tem primeiro caso de coronavírus

São Leopoldo 
A Prefeitura de São Leopoldo pede para evitar o contato com os usuários das UBSs, a secretaria abriu hoje oito pontos descentralizados de vacinação que ficarão abertos de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30, até o dia 27 de março, conforme disponibilidade, no período da campanha. Informações atualizadas sobre a situação de São Leopoldo pode ser conferida no site da Prefeitura.

Ministério garante que não vai faltar vacinas
Os municípios de todo o país iniciaram a vacinação contra a gripe para idosos e trabalhadores da saúde. Eles fazem parte da primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que começou nesta segunda (23/03/20). Serão realizadas mais duas fases em datas e para públicos diferentes, alcançando cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o País. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos, até o dia 22 de maio. O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece no dia 9 de maio (sábado).

Neste ano, o Ministério da Saúde mudou o início da campanha, de abril para março, para proteger de forma antecipada os públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe. Devido a circulação do coronavírus no país, cada estado e município tem buscado estratégias para diminuir concentração de pessoas. Esta vacina não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde. Estudos e dados apontam que casos mais graves de infecção por coronavírus têm sido registrados em pessoas acima de 60 anos, grupo que corresponde a 20,8 milhões de pessoas no Brasil. Por isso, a primeira fase da campanha contempla esse público.

Por saudegaucha.com, com informações da Prefeitura de São Leopoldo e da Secretaria Estadual da Saúde

 

 

 

Envie um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat