Saúde Gaúcha
Informação para gestores e profissionais de saúde.

- Publicidade -

- Publicidade -

Com inauguração de UPA, Osório se consolida como polo regional de saúde

1

A partir de desta sexta-feira (28/02/20), a população de Osório, município localizado no Litoral Norte do Estado, passa a contar com o atendimento de urgência e emergência 24h por meio de uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA). A nova estrutura, classificada como porte um – para cobertura de até 50 mil pessoas – foi inaugurada pela Prefeitura, tendo caráter regional e acolhendo também os moradores dos municípios de Capivari do Sul e Maquiné.

>>> Para melhor identificar o coronavírus, vacinação da gripe será antecipada 

Em parceria com o governo federal, a Prefeitura de Osório investiu R$ 3,5 milhões somente na construção da estrutura, que tem quase 1.400 m² e terá capacidade para até 150 atendimentos diários, envolvendo pelo menos 15 profissionais ao dia. Com o funcionamento da UPA, o município passa a ser o único região a oferecer serviços que atendem os 25 municípios do Litoral Norte, que estão agrupados nas regiões de Saúde regiões 4 e 5.

Para o secretário municipal da Saúde, Emerson Magni, a inauguração da UPA fortalece a consolidação de Osório como referência regional no atendimento de saúde. “Esse processo se iniciou com a inauguração do CER (Centro Especializado em Reabilitação Física, Auditiva e Visual)  em março de 2019, e, agora é ampliado, com a entrega de mais uma estrutura regional”, destacou.

>>> Acidentes e mortes nas rodovias gaúchas aumentam no carnaval

Até então, o serviço de atendimento de urgência e emergência era realizado pelo Hospital São Vicente de Paulo. “A grande mudança é que partir de agora teremos uma estrutura própria do município, que irá desafogar o hospital e funcionará com os serviços descentralizados e acessíveis à região”, disse. Segundo o secretário, caso outros municípios desejarem, futuramente poderá ser pactuado o aumento do atendimento mediante alteração de porte da UPA junto ao Ministério da Saúde.

Na foto, os prefeitos de prefeitos de Capivari do Sul, Marco Cardoso; de Osório, Eduardo Abrahão; de Maquiné, João Marcos Bassani; e o secretário da Saúde de Osório, Emerson Magni, no ato de inauguração que ocorreu nesta sexta-feira em Osório (Foto: Camila Knack)

Prevenção em saúde continuará sendo o foco da Prefeitura
Emerson Magni defendeu que os investimentos em prevenção e promoção em saúde têm que ser priorizados nas políticas em todas as esferas governamentais, de modo que os serviços do SUS sejam aperfeiçoados. “Embora estejamos avançando, há muitas referências de serviço de saúde que faltam à nossa região, como oncologia, hemodinâmica (cardiologia), leitos de retaguarda de UTI e de longa permanência, atendimento psicossocial e até mesmo um CAPS 24 horas”, disse. Em relação aos leitos de UTI, a Prefeitura de Osório viabilizou a instalação de 10 leitos junto ao Hospital São Vicente de Paulo, mas que não estão funcionando porque aguardam habilitação por parte do Ministério da Saúde.

Inauguração
A UPA 24h, que leva o nome do dentista Sérgio de Azevedo Saraiva, fica localizada na rua José Vieira de Souza, esquina com a rua Tolentino. Participaram do ato de inauguração na manhã desta sexta-feira os prefeitos de Osório, Eduardo Abrahão; de Capivari do Sul, Marco Cardoso; de Maquiné, João Marcos Bassani; o deputado federal Pompeo de Mattos (PDT); o ex-prefeito de Osório e ex-deputado estadual Ciro Simoni (PDT); o também ex-prefeito de Osório e presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, dentre outras autoridades.

UPA tem 1.372 m² de área construída
Trata-se de obra com 1.372 m², com dois pavimentos, sendo o térreo para atendimento ao público com salas de recepção e espera, urgência e emergência, sala para aplicação de medicamentos, sala de Raio-X, sala de atendimento social, base para o SAMU (área para ambulâncias, copa, sanitários e dormitórios), sala de pediatria, sala de observação com parte exclusiva para pediátrica, 2 salas de sutura e curativo, 3 salas para exames, sala para eletrocardiograma, sala para coleta de material, sala para classificação de risco, sala para inalação, posto de enfermagem, sanitários, sala de material esterilização, depósito de material de limpeza, elevador, gerador, sala para resíduos, sala de arquivo, sala de preparo e guarda de cadáver, sala para ar comprimido, reservatório de oxigênio e estacionamento. No 2º piso há copa, vestiários masculino e feminino, 2 dormitórios para plantão, sala de direção, sala administrativa, sala de estar e refeitório para funcionários, sala de informática, arquivo médico, sala de climatização, sala de roupa suja, sala de roupa limpa, controle de material e equipamento, 2 almoxarifados, e sala para depósito e material de limpeza. Já no 3º piso há reservatório de água e casa de máquinas.

Por saudegaucha.com

1 comentário
  1. Edilane Silva da Conceição Diz

    Vi sala para um monte de coisas. E atendimento médico especializado não terá??? Vamos continuar sendo encaminhados para outras cidades???
    Não entendi pra que um prédio desse tamanho somente para salas…

Envie um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat