Saúde Gaúcha
Informação para gestores e profissionais de saúde.

- Publicidade -

- Publicidade -

Vanazzi expõe crise do Centenário em reunião na SES

0
O prefeito  Ary Vanazzi  participou na manhã desta segunda-feira, 28, de uma reunião com a Secretaria de Saúde do Estado, em Porto Alegre. O encontro foi agendado pela Associação dos Municípios do Vale do Sinos e teve a presença de nove prefeitos, que foram recebidos pela secretária Arita Bergmann e técnicos da secretaria. Vanazzi expôs a crise vivida pelo Hospital Centenário e voltou da reunião otimista com possível ajuda do governo estadual.

A secretária estadual sinalizou que o governo recém empossado vai avaliar as orçamentações com os hospitais, feitas pela gestão anterior. Há hospitais da região metropolitana e vizinhos a São Leopoldo que recebem quase R$ 5 milhões por mês e o Hospital Centenário apenas R$ 235 mil, e assim mesmo, via judicialização. “Nós ficamos satisfeitos com a reunião e principalmente com a posição da secretária Arita de que as pactuações podem ser revisadas. Estamos tentando isso desde 2017, mas o governo anterior fez questão de ignorar a grave crise do nosso hospital. E pior, ainda discriminou a cidade de São Leopoldo, optando por não pagar nem mesmo o irrisório valor”, destacou Vanazzi.

Justiça bloqueia mais de 2 milhões do Estado para a saúde de São Leopoldo

Também foram pauta do encontro a judicialização da saúde que onera os municípios, os bloqueios judiciais, as dificuldades de internações e exames em Porto Alegre, incluindo o serviço de oncologia. Houve relatos de esperas de seis meses por consulta. Este quesito específico será tema de reunião na próxima segunda-feira, entre o Estado e os prefeitos da Associação, na universidade Feevale. “Estamos no início do governo, ainda fechando a equipe, mas conhecemos os problemas dos municípios e queremos marcar a nossa gestão pelo diálogo”, disse a secretária.
O secretário municipal de Saúde, Ricardo Charão, acompanhou o prefeito no encontro.
Fonte: Prefeitura de São Leopoldo
Leia também:

Envie um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.