Saúde Gaúcha
Informação para gestores e profissionais de saúde.

- Publicidade -

- Publicidade -

Canoas discute atendimento a transexuais na saúde pública

0

Além de todos os obstáculos sociais enfrentados pela população transexual, o tratamento na saúde pública é, historicamente, uma barreira para a efetivação do acesso destas pessoas aos cuidados básicos com a vida. Motivadas pela desinformação, ou até mesmo pelo preconceito, situações em que pessoas trans não recebem o atendimento adequado são corriqueiras em todo o país. Em Canoas, essa realidade vem sendo enfrentada pela Secretaria Municipal da Saúde, através da Política de Atenção Integral à Saúde da População LGBT. Nesta quinta-feira (14), uma atividade na UBS Cerne deu mais um passo rumo à humanização do atendimento de transexuais na rede pública.

Durante a tarde, um estratégia de abordagem surpresa dos profissionais, que sensibiliza sobre o atendimento de pessoas trans, ocorreu na unidade. A intenção foi avaliar a forma como são recebidas as transexuais nas casas de saúde para, posteriormente, discutir com os profissionais as formas de melhorar o recebimento desses pacientes. A reunião, orientada pela coordenadora da Política de Atenção Integral à Saúde da População LGBT de Porto Alegre, Simone Ávila, também teve a participação de membros da secretaria da Saúde de Canoas, Jaqueline Batista, psicóloga que coordena a política de saúde LGBT da cidade, do médico Bebeto Azevedo e da assistente social Eduarda Nunes.

Jaqueline Batista explica que a ação servirá para criar novos projetos para facilitar o acesso de pessoas trans à saúde pública. “A partir de agora, vamos pensar novos modelos para melhorar o atendimento da população LGBT nas unidades de saúde pública de Canoas. Nosso objetivo é discutir temas como igualdade de gênero, orientação sexual e respeito à diversidade”, disse. A intenção é levar a capacitação a outros profissionais que fazem o acolhimento de pacientes.

Fonte: Prefeitura de Canoas 

Envie um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat